top of page
  • Xavier Cardoso

porta

apareces nos meus pensamentos

sem convite nem aviso prévio.

a partir do momento em que em ti penso,

o dia ou a noite já não podem ter mais assunto,

porque tu apareceste sem avisar e eu abri-te a porta

e deixei-te entrar.


gostava de ter controlo sobre a porta que te deixa entrar,

mas acho que desde que nos beijámos,

a fechadura da porta deixou de funcionar e tu passaste a ter

acesso livre, sem perguntar ou avisar.


com o teu beijo senti-me em casa,

mas desde essa noite que me sinto um sem-abrigo.


dá-me os teus lábios outra vez,

preciso de um sítio para passar a noite.


Editado por Mariana Faísca

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

O Nosso Último Beijo

Aviso: referência a suicídio e automutilação Nota: ler ao som de Ceilings, de Lizzy McAlpine. Ali, com a Eva, o Chris sentia-se em paz. Já há duas horas que estavam sentados naquele velho banco de mad

Our Last Kiss

TW: self arm, suicide Note: read while listening to “ceilings” by Lizzy McAlpine Chris felt at peace, there with Eva. They had been sitting on that old wooden bench for the past two hours. Eva had jus

pedir permissão

estava a andar na rua e senti o cheiro do teu perfume. e foi aí que a minha mente mergulhou naquele dia em que estávamos deitados num jardim a trocar beijinhos e caretas enquanto um céu de mil cores s

Comments


bottom of page